Cristão perseguidos na Turquia e na Síria

Refugiado cristão pede ajuda
julho 30, 2019
Ex-pastor nega existência de Jesus
agosto 1, 2019

Cristão perseguidos na Turquia e na Síria

Região da fronteira entre Turquia e Síria vive tensão sob intolerância religiosa. (Foto: Burak Kara/Getty Images)

Seis aldeias de maioria cristã foram alvos de incêndios letais na fronteira entre a Turquia e a Síria.

As aldeias sírias Elbeğendi, Güzelsu, Dibek, Üçköy, Üçyol e Dağiçi foram quase reduzidas a cinzas após o incêndio, que muitos suspeitam ter sido incendiado intencionalmente.

“Mesmo que não haja sabotagem, há uma negligência séria”, disse um político à agência de notícias turca Bianet.

“Nesses dois países, o incêndio criminoso se tornou uma tática insurgente reconhecida, que visa os recursos agrícolas das aldeias”, observou o órgão de controle da perseguição, ‘International Christian Concern’. “No caso da Turquia, esses incêndios também foram direcionados à agricultura, já que cerca de 800 oliveiras foram danificadas. São esses tipos de semelhanças entre esta situação e os incêndios no Iraque / Síria que causaram preocupação de que esses incêndios também foram iniciados de forma criminosa”.

Segundo Bianet, um mosteiro de Deyrulzafaran também foi severamente danificado no incêndio.

Evgil Türker, presidente da Federação de Associações Siríacas, disse à agência que houve “grandes danos” para a vinha local no momento, já que está em temporada de safras.

“Tudo foi arrasado”, acrescentou. “A Gendarmaria e as forças de segurança estão investigando o incidente. Queremos saber o que realmente aconteceu”.

Confira a matéria completa no site Guia-me, clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Participe de nossa programação e peça sua música