Censura aos cristãos na China

ONG pede que Africa do Sul legalize prostituição
agosto 7, 2019
Flordelis também está sendo investigada
agosto 15, 2019

Censura aos cristãos na China

Seguindo a sua agenda de doutrinação ideológica, o governo comunista da China está implementando mais uma forma de perseguição religiosa à fé cristã, dessa vez, mandando remover palavras que fazem referência ao cristianismo, como “Deus, Bíblia e Cristo” de histórias clássicas infantis.

Obras de Anton Chekhov, Alexandre Dumas, Victor Hugo e também de Robinson Crusoé foram adulteradas, após serem adotadas como literatura didática na China. Os livros são utilizados para oferecer conhecimento sobre cultura estrangeira, mas sem a menção de palavras que fazem alusão ao cristianismo.

Para evitar que essa escalada de autoritarismo seja denunciada e combatida internacionalmente, a China tem ameaçado de prisão os cristãos que denunciam a perseguição religiosa no país.

Apesar da intensa perseguição religiosa, o cristianismo na China vem crescendo, corroborando com a perspectiva de que este poderá ser o país com o maior número de cristãos em todo mundo, já nos próximos anos, devido ao seu grande número de habitantes.

Confira a matéria completa no site Gospel Mais, clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Participe de nossa programação e peça sua música